Dengue, Zika e Febre Chikungunya tem algo em comum: São doenças virais, todas transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti e já se tornaram um problema de saúde pública. De acordo com o Ministério da Saúde, em 2016 ocorreram 202.896 casos de Dengue apenas no Estado de São Paulo.

O Aedes aegypti é predominante em regiões urbanas de clima tropical e subtropical. Reproduz-se principalmente no verão, época com maior concentração de. O Aedes Aegypti não consegue viver em regiões frias, por isso a maior incidência de doenças transmitidas por esse vetor ocorre em regiões de clima tropical, especialmente no verão.

A melhor maneira de combater as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti é impedir a reprodução do mosquito. A Medicativa separou algumas dicas para te ajudar a se proteger e proteger sua família.

 

1. Cuidado com a caixa d’água.

A caixa d’água é um excelente reservatório para os ovos do Aedes aegypti. Mantenha-a sempre fechada e limpe-a periodicamente com produtos específicos. A dica também vale para poços, cisternas e caçambas.

 

2. Coloque areia nos vasos de plantas.

O uso de pratos nos vasos de plantas pode gerar acúmulo de água. Coloque areia nos pratos e então coloque água, dessa maneira a umidade será mantida de maneira segura, sem se tornar um foco para a proliferação de mosquitos.

 

3. Faça furos nos pneus velhos.

Os furos permitem que a água acumulada escorra, evitando que o mosquito se reproduza.

 

4. Mantenha latas e garrafas com a boca para baixo.

Isso evita que acumulem água da chuva. O ideal é mantê-las em local coberto.

 

5. Remova folhas e galhos das calhas.

Esse material impede que a água escoe, gerando acúmulo. Verifique periodicamente o estado de calhas, canos e ralos e providencie sua limpeza sempre que necessário.

 

6. Use telas protetoras.

As telas protetoras impedem que os mosquitos entrem na sua casa, mas não impedem que se reproduzam. O uso de telas protetoras nas janelas deve ser complementar a outras práticas para evitar a reprodução do Aedes aegypti.

 

7. Cuide das piscinas.

Não deixe sua piscina se tornar um grande criadouro de mosquitos! Quando não estiver em uso, cubra-a com uma lona. Trate a água da piscina periodicamente com cloro.

 

8. Use repelente.

O uso de repelentes, principalmente em viagens ou em locais com muitos mosquitos, é um método eficaz para se proteger contra o Aedes aegypti. O repelente deve ser reaplicado para manter sua eficácia ao longo do dia. Gestantes e crianças devem usar repelentes indicados.